Quando eu devo usar ferramentas pneumáticas?Uma dúvida muito cruel para os profissionais de hoje em dia é na hora de escolher a ferramenta ideal para os seus trabalhos, principalmente nas comparações entre Ferramentas Elétricas e Ferramentas Pneumáticas.

À primeira vista as máquinas elétricas podem parecer mais vantajosas, uma vez que o custo de aquisição inicial é bem menor que uma pneumática.

Mas essa economia inicial é aplicável em situações específicas, como por exemplo para profissionais que requerem maior mobilidade e/ou não dispõem de uma rede de ar comprimido a sua disposição.

Já nas operações mais brutas e que demandam uma maior potência do motor em usos contínuos, as Ferramentas Pneumáticas tornam-se investimentos altamente atraentes.

Isso ocorre porque elas são capazes de lhe proporcionar muitas vantagens que são perceptíveis a curto, médio e longo prazo.

Vamos entendê-las:

  1. Maior ergonomia: 

    Uma vez que seu funcionamento é através de uma rede de ar comprimido, o design das Ferramentas Pneumáticas é bem menor se comparado às elétricas já que contam com menos componentes internos.

    Mas não só isso, elas também provam-se mais leves, silenciosas e com reduzidos índices de vibração. Isso contribui para a saúde e bem-estar de seus profissionais.

    Uma máquina que ostenta níveis de ruídos elevados pode provocar perda de audição mediante o tempo de exposição do operador.

    Ferramentas que também possuem altos níveis de vibração podem provocar doenças ocupacionais, como a Síndrome da Mão branca (que causa perda temporária ou definitiva dos membros).

    Estes riscos são perceptíveis nos trabalhos com Esmerilhadeiras, por exemplo, que durante os processos de lixamento e desbaste gera um elevado nível de ruído e vibração.

  2. Melhor relação potência x peso:

    Já sabemos que as máquinas pneumáticas são mais leves e potentes que as elétricas, havendo casos onde seu peso pode ser até 3 vezes menor e ainda sim oferecer o mesmo nível de potência.

    A Chave de Impacto CP7782, por exemplo, pode ser usada para trabalhos com eixos longos e rodas de caminhão por um longo período de tempo sem causar fadiga e com altíssima potência, mesmo possuindo um tamanho relativamente pequeno.

    O elevado nível de potência também contribui para que seus trabalhos sejam mais produtivos e rápidos, dando fluidez no seu dia a dia.

  3. Economia de energia elétrica: 

    O funcionamento de uma Ferramenta Pneumática necessita basicamente de uma rede de ar comprimido.

    Para isso você precisará dispor de um Compressor (normalmente modelo pistão) em sua oficina.

    Em média os custos de produção de um compressor são inferiores aos de um consumo normal de um equipamento elétrico.

    Aliás, existem compressores que são equipados com inversores de frequência e tecnologias que permitem uma grande otimização de consumo, pesando muito menos no seu bolso.

    Caso você tenha um compressor que tenha as especificações corretas para cada demanda sua, a operação será ainda mais econômica já que o mesmo sistema será capaz de alimentar outras máquinas pneumáticas.

  4. Sem riscos de explosão ou choques elétricos: 

    Segurança é tudo! Cada elemento deve ser cuidadosamente monitorado para o bem-estar de um ambiente de trabalho.

    Se você trabalha em locais úmidos, por exemplo, demandará muito mais atenção devido ao risco de choques elétricos. Tomadas ou fios descascados também podem ocasionar acidentes.

    Além disso trabalhos com Esmerilhadeiras, Retificadeiras ou Serras geram faíscas que se estiverem próximas de gases inflamáveis aumentam o risco de explosão.

    Com as Ferramentas Pneumáticas estes riscos praticamente não existem.

  5. Menor custo de manutenção: 

    Uma Ferramenta Elétrica conta com vários componentes que se desgastam com facilidade se usadas continuamente, como escovas de carvão por exemplo.

    Isso proporciona um considerável aumento nos custos de manutenção, além de tomar um tempo de máquina parada sem trabalhar (o que pode ser prejudicial).

    Há casos onde seus serviços são tão exigentes que você precisa investir em duas ou três máquinas da mesma categoria que possam render quando uma delas estiver em manutenção.

    As Ferramentas Pneumáticas possuem componentes mais robustos e muito menos sensíveis, podendo suportar até mesmo uma operação mal executada por parte do profissional.

    Em média seus intervalos de manutenções são maiores e as peças são facilmente trocadas. Isso reduz não apenas os gastos com reparos, como também dispensa a necessidade de investir em tantas máquinas na sua oficina.

  6. Mais resistentes e duráveis: 

    A durabilidade de uma máquina pneumática é incrível, suportando até mesmo longos trabalhos em 3 turnos diferentes sem sofrer desgastes prematuros.

    Além disso elas são altamente resistentes a operações mais severas, proporcionando menos paradas e menor necessidade de manutenções preventivas.

    Toda esta resistência é baseada em uma série de características singulares que giram em torno destas máquinas, veja algumas delas:

    – Não trabalham com altas temperaturas já que o ar comprimido é gelado;

    – Os motores são mais resistentes à variação de temperatura ambiente, permitindo-as serem usadas em funilarias e fundições sem problema algum. 

    – A pressão interna é maior que a externa devido ao ar comprimido, impedindo assim a entrada de partículas sólidas que podem danificar os componentes mecânicos dentro da máquina;

    – Os motores são feitos com materiais metálicos, com pouco atrito entre as partes, aumentando a vida útil;

    Aliás os mecanismos do motor de uma Ferramenta Pneumática são mais isolados se comparados às Elétricas.

    Os elétricos ficam expostos por aberturas pensadas na refrigeração do sistema de modo a evitar o superaquecimento. Isso é eficiente porém as tornam vulneráveis para a entrada de elementos que possam causar mau funcionamento ou danos irreversíveis no motor da ferramenta. 

Tipos de Ferramentas Pneumáticas

Existem diversos modelos que são capazes de atender as mais variadas necessidades profissionais do dia a dia, veja as principais:

Furadeira Pneumática 1/2

Furadeira

 

ESMERILHADEIRA ANGULAR PNEUMÁTICA 5

 Esmerilhadeira

LIXADEIRA ANGULAR PNEUMÁTICA 5

 Lixadeira

CHAVE DE IMPACTO PNEUMÁTICA 1/2

 Chave de Impacto

PINADOR PNEUMÁTICO 15 A 50MM TIPO F AF505N MAKITA

 Pinador

REBITADOR PNEUMÁTICO 1/4

 Rebitador

RETÍFICA RETA PNEUMÁTICA CURTA 1/4

 Retífica

SERRA DE DISCO PNEUMÁTICA 2.7/8

 Serra

Portanto se os seus trabalhos não requerem muita mobilidade, são severos e contínuos durante longas jornadas, as Ferramentas Pneumáticas são opções altamente vantajosas que valem muito o investimento.

________________________________________________________________________________

Aqui na Anhanguera Ferramentas você encontra as melhores opções de Ferramentas Pneumáticas das marcas mais confiáveis do mercado (Chicago, PUMA e Schulz).

Acesse nosso site e veja os modelos de Furadeiras, Parafusadeiras, Lixadeiras, Esmerilhadeiras, Retíficas, Serras, Chaves de Impacto e muitas outras máquinas para diversos tipos de trabalho!

Gostaria de conhecer mais também sobre as Ferramentas Elétricas? Você consegue saber de tudo clicando aqui.

Deixe nos comentários se você deseja mais conteúdos relacionados a Ferramentas Pneumáticas e Compressores de Ar!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *