Sabemos que a lubrificação é de extrema importância para o bom desempenho de qualquer motor e claro, com o compressor de ar não seria diferente. São os lubrificantes que garantem proteção contra oxidação e corrosão, mas não é só isso, eles garantem também a lubrificação dos componentes (favorecendo as partidas, reduzindo os atritos e prevenindo o desgaste), auxiliam no arrefecimento das peças internas e vedam os espaços entre as peças submetidas a pressões.

Entretanto, todo equipamento possui características únicas, e necessitam de óleos com especificidades diferentes. É exatamente por isso, que na maioria dos grandes fabricantes de compressores, são fabricantes também de lubrificantes.  Afinal, ninguém melhor que o fabricante para conhecer o seu produto, certo?

Exato! 🙂


Antes de realizar qualquer manutenção é de extrema importância consultar as recomendações do fabricante. Essa informação geralmente, você consegue encontrar no próprio equipamento ou no manual de utilização.

Mesmo com a orientação do fabricante, no mercado você encontra diversos tipos de óleos com especificidades semelhantes, para te auxiliar a diferenciar na hora da compra, separamos os 3 principais tipos de óleos para compressores que existem no mercado:

Óleos Minerais

Os óleos minerais são projetados para atividades que envolvem alta temperatura, ou seja, são super indicados para compressores movidos a pistão e de parafusos.

Por ser um derivado do petróleo cru, quanto mais refinado ele for, melhor será a sua viscosidade e resistência a degradação.

Óleos sintéticos

Os óleos sintéticos são produzidos de diferentes materiais e cada um deles possuem características diferentes. Os óleos a base de silicone, por exemplo, possuem mais resistências a temperaturas maiores, já os óleos poliglicóis são recomendados em atividades que envolvem altas pressões, isso porque eles possuem maior índice de viscosidade. Ambos são muito utilizados em compressores rotativos.

Geralmente são mais caros que os óleos naturais, entretanto, são melhores também.

Óleos Semi-sintéticos

São misturas de óleos minerais e sintéticos. Por reunir o melhor de cada óleo, os óleos semi-sintéticos possuem as características melhoradas, como resistência à degradação e viscosidade. Também são muito usados em compressores de parafuso.


OBS: nunca realize a manutenção do seu equipamento, antes de consultar as informações fornecidas no manual do fabricante!

Gostou do nosso artigo? Acesse nosso blog e veja mais conteúdo como esse!

Categorias: Dicas

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.