Acidentes de trabalho podem acontecer em algum momento na empresa e por esse motivo é que os equipamentos de proteção individual, também conhecidos por EPI’s, são essenciais no dia a dia.

Hoje vamos falar mais especificamente do sapato de segurança. No mercado existem diversos modelos, com especificações diferentes, para todos os tipos de profissões. Sabemos que é de extrema importância entender qual é realmente eficaz para a sua atividade.

É imprescindível levantar quais são riscos que podem envolver a sua atividade. Após isso, determinar o tipo de cabedal, biqueira e solado. Fizemos um levantamento dos materiais mais usados, esperamos auxiliar você na busca do sapato ideal!

O sapato de segurança possui certificação?

Este quesito é essencial, a certificação de aprovação (CA), é o que garante que seu EPI está de acordo com as normas estabelecidas pela ABNT, mais precisamente a NBR 20345.

Qual o cabedal?

O Cabedal, para ser mais especifico, é a parte que cobre o seu pé. É a junção dele com o solado que trará mais segurança para o seu dia a dia.

Os matérias mais utilizados são:

– Cabedal de couro

Os cabedais de couro são mais utilizados quando os fatores de riscos são: quedas de objetos nos pés, agentes abrasivos e choques elétricos.

– Cabedal de PVC

Os cabedais de PVC são ideais para uso em indústrias dos seguintes segmentos: Químicas, postos de gasolina, saneamento básico, agricultura, usinas de cana de açúcar e até mesmo na jardinagem.

– Cabedal de Poliuretano

Os cabedais de poliuretano, por serem mais simples a higienização, muito utilizados no setor alimentício. São ótimos em isolamento térmico, podem ser usados em ambientes refrigerados.

– Cabedal de Nylon

Os cabedais desse material são resistentes à óleo combustível, e justamente por ser de nylon, ele reduz os níveis de transpiração, são mais flexíveis e leves.

Qual o tipo de biqueira?

As biqueiras são essenciais, especialmente quando se trabalha com matérias pesados e/ou cortantes. Nesse caso, especificamente, recomendamos o uso de biqueiras mais resistentes, como: aço ou composite (combinação de fibra de carbono, vidro e poliéster). 

As biqueiras de composite são tão resistentes quanto a de aço, a grande diferença está na leveza, são bem mais leves quando comparado com as biqueiras de aço.

Se o risco de acidentes é pequeno e não envolve objetos cortantes, o uso da biqueira de PVC é o ideal, pois são menos rígidas que as de aço e composite, e ainda são mais leves.

Lembrando que se você é eletricista, jamais escolha a biqueira de aço. O aço é condutor de eletricidade e as biqueiras de aço não são o recomendado. 

Qual o tipo de solado do sapato de segurança?

E por último, não menos importante, é muito importante nos atentar ao tipo de solado. Os materiais mais utilizados são:

Poliuretano

Ideias para proteção contra riscos em geral e proporcionam mais conforto ao usuário.

PVC

São indicados para quem trabalha com líquidos e a impermeabilidade é essencial.

– Nitrílico

Quando trabalhado com altas temperaturas e produtos inflamáveis, o solado mais indicado é o Nitrílico.

Lembrando que, para um trabalho seguro é preciso utilizar o kit de epi completo. O uso de óculos de segurança, protetor auricular, máscaras de proteção, luvas e capacete é imprescindível para que você esteja seguro no local de trabalho.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *